Buscar

Bruno Fernandes supera “loucuras” de Londrina e vence mais uma na Sport Series.


Bruno Fernandes acelerou muito para comemorar mais uma vitória em Londrina


A Snow Schatten continua devastadora na Sport Series, e como de costume, o "Gordinho" continua papando bons resultados. Pela terceira etapa no circuito virtual de Londrina, Bruno Fernandes abriu a dobradinha da equipe já na classificação com a volta da pole em 1:14.449, sendo 0.372s mais rápido que Raphael Camelo que fechou a primeira fila. Eduardo Beninca (Racers4Fun) foi o destaque entre os “normais”, e assumiu o terceiro posto com o tempo de 1:14.864, tendo seu companheiro de equipe, Fernando Ribas, fechando a segunda fila com 1:15.095.


Dada a bandeira verde, os pilotos enfrentaram seus primeiros problemas. Por conta de um bug no ponto de largada do circuito paranaense, alguns pilotos receberam sinal verde antes dos demais, causando um verdadeiro "show do desespero" e penalizações. Em poucas voltas a confusão agora se voltava para a própria pilotagem dos bólidos "traiçoeiros" da Sprint Race. Na volta 4, com erro de Eduardo Beninca, Raphael Camelo acabou conseguindo voltar a sua posição de qualificação e Jeferson Richart (Racers4Fun) avançou para garantir um futuro lugar no pódio da prova. Sem disputas entre os ponteiros, Fernando Ribas, que acabara perdendo várias posições na largada, e João Gabriel (HM Engineering), tomaram para si o protagonismo das disputas da corrida. Numa intensa sequência de brigas pela 7ª posição, Fernando acabou tomando um "xis" ao tentar ultrapassar Rafa Muniz (RDR PRO GT), e João Gabriel, oportunamente, posicionou-se melhor para conseguir a ultrapassagem sobre o primeiro atacante. Logo em seguida, o clima ficou tenso entre os dois. Na entrada da chicane, João fecha a porta um tanto quanto “menos suave” e Ribas acaba levando a pior. O incidente fez o homem voltar "alucinado". Com João Gabriel brigando com Rafa Muniz e Bruno Siqueira (RDR PRO GT), Fernando acabou se recuperando e passando pelos dois, conseguindo conquistar a sexta posição temporária. Poucas voltas depois, numa bela manobra na chicane, Fernando ainda esbanjou arrojo e conseguiu uma linda ultrapassagem sobre a RDR de Rodrigo Gaspareto, que fazia sua melhor corrida na temporada, contrastando com as suas corridas anteriores, finalizando na 6ª colocação.

Alheio às disputas, porém, com uma penalização de 26 segundos a cumprir, Bruno Fernandes, sem saber se a punição seria aplicada ou não, resolveu virar voltas de classificação durante toda a prova para poder se distanciar do 2º colocado. Ao final de seu lonely run, conseguiu distanciar-se 28 segundos do seu companheiro e garantiu mais uma vitória avassaladora, que ele comemorou aliviado do susto inicial. Raphael Camelo passou em 2º com Jeferson Richart cruzando na 3ª posição, fechando o pódio da noite. Destaque também para Franklin Souza da SUB Racing que largou em último e chegou na 7ª posição.


- Confira o resultado final da 3ª Etapa em Londrina:

Análise Direção de Provas: João Gabriel l #13 | Moderada | Causar acidente gerando prejuízo ao adversário. A próxima etapa se dará na rodada dupla com os dois traçados de Curitiba no dia 27 de outubro. Se você não ainda não se inscreveu, inscreva-se no canal da XtremeTV, clique no sininho e receba as notificações para as próximas corridas da temporada.


- Confira o VT da Etapa:


94db9c3c1eba8a38a1fcf4f223294185.png
RC.png

RACERCLUBE @ 2020